tumblr site counter

Síndrome de Dependência de Álcool



A Síndrome de Dependência do Álcool (SDA) é um grave problema de saúde pública. Embora seja bem estudada e seu quadro clínico seja bem estabelecido, muitas vezes passa despercebida em vários tipos de avaliação.

 

É um conjunto de fenômenos fisiológicos ou comportamentais e cognitivos, no qual o uso de uma substância (álcool, neste caso), ou de uma classe de substâncias, alcança uma prioridade muito maior para um determinado indivíduo que outros comportamentos que antes tinham maior valor.

 

Uma característica descritiva central da síndrome de dependência alcoólica é o desejo (freqüentemente forte, algumas vezes irresistível) de consumir álcool.

 

A CID-10 propõe as seguintes diretrizes para o diagnóstico da Síndrome de Dependência:

 

(com três ou mais sintomas presentes)

 

a) um forte desejo ou senso de compulsão para consumir a substância

 

b) dificuldades em controlar o comportamento de consumir a substância em termos de seu início, término ou níveis de consumo

 

c) um estado de abstinência fisiológico quando o uso da substância cessou ou foi reduzido

 

d) evidência de tolerância, de tal forma que doses crescentes da substância psicoativa são requeridas para alcançar efeitos originalmente produzidos por doses mais baixas;

 

e) abandono progressivo de prazeres ou interesses alternativos em favor do uso da substância psicoativa

 

f) persistência no uso da substância a despeito de evidência clara de conseqüências manifestamente nocivas, estados de humor depressivos conseqüentes a períodos de consumo excessivo da substância ou comprometimento do funcionamento cognitivo relacionado a drogas.

 

 

O diagnóstico de síndrome de dependência pode ser mais especifico:

 

F1x.20 Atualmente abstinente;

 

F1x.21 Atualmente abstinente, mas em ambiente protegido (hospital, comunidade terapêutica, prisão etc);

 

F1x.22 Atualmente em regime de manutenção ou substituição clinicamente supervisionada;

 

F1x.23 Atualmente abstinente, porém recebendo tratamento com drogas aversivas ou bloqueadoras (p.ex. naltrexona ou dissulfiram);

 

F1x.24 Atualmente usando a substância (dependência ativa);

 

F1x.25 Uso contínuo;

 

F1x.26 Uso episódico (dipsomania);

 

 

Alguns dados:

 

 

– A dependência do álcool acomete de 10% a 12% da população mundial

 

– A incidência de alcoolismo é 11 vezes maior entre os homens em relação às mulheres

 

– O álcool é responsável por cerca de 60% dos acidentes de trânsito e aparece em 70% dos laudos cadavéricos das mortes violentas

VN:F [1.9.22_1171]
Nota: 0.0/10 (0 votos no total)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0 (from 0 votos)


Deixe Seu Comentário »