tumblr site counter

Hidrofobia



A hidrofobia designa o medo doentio (intenso) da água ou da natação. É comum a forma moderada, que consiste no medo de águas profundas (em geral associada ao medo de afogamento), e não como uma aversão à água, como substância em si.

 

Neste sentido, o termo correto seria Aquafobia, mas o uso consagrado do vocábulo hidrofobia tornou-o efetivamente no mais utilizado para designar o medo de água.

 

Este tipo de fobia específica leva os indivíduos hidrofóbicos a evitarem qualquer passeio em via navegável (mar, rio, lago) como também evitam banharem-se em piscinas, represas, cachoeiras, lagos, rios e mares, com medo de se afogarem. Mesmo quando a água não representa uma ameaça (como visualizar uma piscina), sensações de pânico, terror, ansiedade, taquicardia, sudorese, náuseas, hiperventilação (respiração rápida e profunda), tremores, ocorrem nos indivíduos hidrofóbicos, que podem inclusive desmaiar.

 

Algumas vítimas de hidrofobia podem ainda evitar entrar em uma simples banheira de hidromassagem ou até mesmo evitar os duchas (chuveiros), em casos mais extremos.

 

Geralmente, a hidrofobia é causada por um trauma sofrido na infância com líquidos, não precisa ser necessariamente água.

 

Este medo impede os hidrofóbicos de fazerem algumas atividades de lazer com a família, como fazer viagens pelo litoral para aproveitarem as praias, ir a clubes, fazer piquenique nas proximidades de um lago, enfim, eles não se sentem felizes em presenciar qualquer situação em que a água esteja envolvida, por mais que lhe digam que não há perigo algum. Por isso, é muito importante o tratamento da fobia.

 

Em muitos casos, diz o psicoterapeuta, a fobia, quando branda, pode ser curada espontaneamente por meio da dessensibilização. Entretanto, ele ressalta que, em casos mais graves, o tratamento adequado deve ser feito por um psicólogo, ou até mesmo por um psiquiatra, e complementado pelo trabalho desenvolvido na piscina por um instrutor de natação especializado.

 

A adaptação da pessoa fóbica na água deve acontecer sem nenhuma imposição, e da forma mais natural possível, pois só assim há condições do medo ou fobia ser superado.

 

Mas para vencer o medo, a pessoa precisa tornar-se auto-suficiente e aprender a sobreviver na água, quando não houver possibilidade de ficar em pé ou segurar-se em algum lugar.

 

VN:F [1.9.22_1171]
Nota: 0.0/10 (0 votos no total)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0 (from 0 votos)


Deixe Seu Comentário »