tumblr site counter

Hipérbole



O exagero com propósito expressivo é o que chamamos de hipérbole.

 

Chama-se hipérbole o arranjo lingüístico que visa à expressão exagerada da natureza das coisas. O recurso, naturalmente usado pelos poetas, constitui uma figura de linguagem.

 

A presença da hipérbole no texto é, portanto, uma marca de subjetividade.

 

O exagero pode ser simples, quando se recorre à intensidade da expressão (superlativos, repetições, aumentativos…), ou metafórico, se realiza por meio de uma comparação com qualquer outra realidade.

 

É habitual na linguagem corrente.

 

Exemplos

 

• “Rios te correrão dos olhos, se chorares!” (Olavo Bilac)

 

• “Um quarteirão de perucas para Clodovil Pereira †(2009)”. (José Cândido Carvalho)

 

• “Na chuva de cores / Da tarde que explode / A lagoa brilha” (Carlos Drummond de Andrade).”o sol está me chamando

 

• “Assim esperamos – disse a plateia, já agora morrendo de rir.” (Caetano Veloso)

 

• “Eu chorei rios de lágrimas.”

 

• “Você me faz morrer de rir.”

 

• “Estou morrendo de fome!”

 

• “Vê-se ondear um oceano de cabeças.” – Rebelo da Silva

 

• “Abram mais janelas do que todas as janelas que há no mundo!” –

Fernando Pessoa

 

• “A árvore erguia as suas ramagens até ao céu.”

 

• “Ler um livro de um fôlego.”

 

• “Fazer correr rios de tinta.”

VN:F [1.9.22_1171]
Nota: 0.0/10 (0 votos no total)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0 (from 0 votos)


Deixe Seu Comentário »