tumblr site counter

A Argumentação



A argumentação surgiu em 427 a.C., na Grécia Antiga. Era denominada Retórica. Argumentar é a arte de convencer e persuadir.

 

A argumentação tem como propósito convencer alguém, sobre um determinado assunto fazendo com que sua opinião seja alterada. Os argumentos são necessários quando da construção textual, pois são provas apresentadas em defesa de uma tese, convencendo o leitor que essa está correta.

 

A argumentação pode ser por citação, onde se busca uma idéia publicada compatível com a que se está apresentando no texto, dessa forma a informção é extraída de outra fonte. Argumentação por comprovação é quando se apresentam dados para comprovar a argumentação.

 

Argumentação por raciocínio lógico é a relação entre causa e efeito que conclui a idéia evitando assim uma contestação.

Quando se faz uma redação, por ser um texto pequeno, há que ser conciso e preciso, assim o leitor é levado direto ao ponto chave, se faz necessário que se exponha a questão a ser discutida logo no início do texto, e a partir dela se tome uma posição, sempre de forma impessoal.

 

Pequenas regras ajudam para uma boa argumentação, por exemplo: se deve imaginar as dúvidas que pode surgir quando da leitura e assim possa construir bons argumentos e com fundamentos. Há que se ter uma lógica de pensamentos, ou seja, os raciocínios devem ter relação entre si. O texto deve ser iniciado com o assunto e a problemática que o envolve e no decorrer do mesmo os argumentos junto com exemplificações e citações serão apresentados. Terminando com uma conclusão da idéia central.

 

A argumentação investiga fatos, não afirma e também não nega a verdade, pois o objetivo é fazer com que o leitor concorde, mas que não feche os olhos para uma contra argumentação.

 

Quando o argumento é dedutivo se está afirmando que a verdade de uma conclusão é uma conseqüência das premissas e quando é indutivo é a afirmação que a verdade da conclusão é apenas apoiada pelas premissas.

 

Argumentos informais são apresentados em linguagem comum e são os discursos diários. Os formais são estudados na lógica formal e expressos em uma linguagem formal.

 

Os argumentos tanto podem ser válidos ou inválidos. Quando válido, a sua premissa e conclusão devem ser verdadeiras, mas um argumento valido também não significa que sua premissa e sua conclusão sejam verdadeiras, pois pode a premissa ser falsa e a conclusão também e o argumento ser válido.

 

Dessa forma pode-se dizer que a validade de um argumento depende da real veracidade ou falsidade das suas premissas e de suas conclusões, mas essa validade não é garantia de veracidade.

 

Autoria: Lena toniazzo

VN:F [1.9.22_1171]
Nota: 0.0/10 (0 votos no total)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0 (from 0 votos)


Deixe Seu Comentário »