tumblr site counter

A Idade Moderna



Para fins de estudos, adotaremos a periodização histórica tradicional, que convencionou chamar Idade Moderna o período que vai de meados do século XV a fins do século XVIII. A história européia é a principal referência dessa periodização.

Antes de caracterizarmos os grandes momentos da filosofia moderna, vamos destacar alguns aspectos históricos relevantes para que melhor se compreendam certos rumos do pensamento histórico.

 

A partir do século XV, ocorreu uma série de transformações histórico-sociais na Europa que se refletiram na construção de uma mentalidade moderna. Entre essas transformações, podemos destacar:

 

A passagem do feudalismo para o capitalismo, período no qual ocorre o

florescimento do comércio, e pelo estabelecimento das grandes rotas comerciais, o predomínio do capital comercial e a emergência da burguesia;

 

O surgimento de novas questões político-econômicas como a formação dos novos Estados nacionais, como a discussão sobre a forma do poder (ocorre a centralização do poder através da monarquia absoluta), e a questão comercial (desenvolve-se o mercantilismo como forma de fortalecimento das economias nacionais, levando a um impulso da navegação e à descoberta do Novo Mundo e estabelecimento de colônias);

 

A quebra da unidade religiosa européia, com o movimento da Reforma, rompeu com a concepção passiva do homem, entregue unicamente aos desígnios divinos, e reconheceu o trabalho humano como fonte da graça divina e origem legítima da riqueza e da felicidade, além de conceber a razão humana como extensão do poder divino, o que colocou o homem em condições de pensar livremente e responsabilizar-se por seus atos de forma autônoma;

 

O desenvolvimento da ciência natural e a criação de novos métodos científicos, impulsionados pela confiança na razão humana e pelo questionamento da submissão da razão aos dogmas do cristianismo, que, nesse momento, perdia parte do seu poder de influência sobre os Estados e de dominação sobre o pensamento;

 

A invenção da imprensa, que possibilitou a impressão dos textos clássicos gregos e romanos que tanto contribuíram para a mentalidade humana renascentista, bem como a divulgação das obras científicas, filosóficas e artísticas, a partir de então acessíveis a um número muito maior de pessoas, o que conduziu a um maior grau de consciência e de liberdade de expressão;

 

O posterior desenvolvimento industrial.

 

Todas essas transformações modificaram, em muitas regiões, o modo de ser e viver e ser de grande número de europeus.

 

Nas artes, nas ciências e na filosofia surgiram novas idéias, concepções e valores. Por exemplo, em vez de uma supervalorização da fé cristã, do teocentrismo (Deus como centro), houve uma tendência social antropocêntrica (homem como centro), valorizando a obra humana. Isso levou ao desenvolvimento do racionalismo e de uma filosofia laica (não-religiosa), que se mostrarão, de modo geral, otimistas em relação à capacidade da razão de intervir no mundo, organizando a sociedade e aperfeiçoando a vida humana.

VN:F [1.9.22_1171]
Nota: 10.0/10 (1 voto no total)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: +1 (from 1 voto)

A Idade Moderna, 10.0 out of 10 based on 1 rating



Deixe Seu Comentário »