tumblr site counter

A História do Liberalismo



O liberalismo é uma doutrina político-econômica que defende a liberdade das empresas agirem conforme seus interesses sem que haja intervenção do Estado. Os economistas liberalistas acreditam que o mercado possui o poder de se auto-regular, sem que sejam necessárias medidas externas e a participação do governo nesta mediação.

 

Uma das expressões mais conhecidas dos liberalismo é o “laissez faire, laissez aller, laissez passer”, que significa, em francês “deixa fazer, deixa ir, deixa passar, demonstrando qual é o papel que o Estado deve ter em relação à economia.

 

Para os liberais ortodoxos o papel do Estado deve ser somente de manutenção da segurança, fronteiras, garantia da propriedade privada e relação diplomáticas, estando todas as outras funções submetidas à livre concorrência, em um modelo chamado de Estado Mínimo.

 

Surgimento do liberalismo

 

O liberalismo tem sua origem ainda na Idade Média e vai ganhando espaço entre os pensadores da Europa e do jovem EUA, encontrando seu maior momento de divulgação da suas ideias através da Revolução Frances, conhecida como revolução burguesa e liberal que mudaria os paradigmas da sociedade.

 

O dois maiores ícones do liberalismo são Adam Smith e John Locke, que sistematizaram esta doutrina, que já vinha aparecendo em diversos momentos e lugares mas não havia ainda sido condensada.

 

Foram eles os primeiros a defender, de conjunto, a propriedade privada, o estado de direitos, o individualismo metodológico e jurídico, liberdade de pensamento, direitos fundamentais, liberdade religiosa, a ordem espontânea e o livre mercado.

 

O terreno mais fértil para o liberalismo foi, sem dúvida, os EUA, um país jovem que utilizaria desta doutrina para construir-se como um grande império econômico.

 

Declínio do liberalismo

 

O liberalismo se mostrou claramente ineficiente com o fim da Segunda Grande Guerra e a grande crise de 1929, quando o EUA entrou em um momento sério de depressão econômica.

 

Não havia caminho, dentro do liberalismo, para frear o processo que este havia desencadeado, tendo que o Estado mudar sua postura de não intervenção e passar a intervir na economia, tanto no que diz respeito ao processo de escolha da produção como no sistema de proteção social e direitos da população que estava antes abandonada a sua própria sorte.

 

 

Neoliberalismo

 

Mesmo tendo mostrado suas fraquezas no início do século XX, no fim deste mesmo século a doutrina liberal voltou novamente à moda com todo o vapor. A essa retomada dos ideias libereais, reformulados e melhores adaptados à realidade contemporânea damos o nome de neoliberalismo.

 

O marco histórico do neoliberalismo é a política econômica de Margaret Thatcher, na década de 1980 na Inglaterra, que primeiro alçou o movimento de privatização das empresas estatais e diminuiu enormemente o poder do estado e o direito de organização dos trabalhadores.

 

Em um primeiro momento essa nova política pareceu salvar o país de uma crise eminente, mas podemos ver na atualidade, passado alguns anos, que foi uma melhora paliativa e que criou mais problemas do que resolveu.

 

Esse tipo de medida tornar-se-ia moda em diversos países, sendo impulsionados a partir dos organismos internacionais que exigem, para conceder empréstimos de ajuda aos países, que estes privatizem suas empresas e defendam uma política neoliberal.

 

Autoria: Bruna Barlach

VN:F [1.9.22_1171]
Nota: 6.7/10 (11 votos no total)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: +4 (from 6 votos)

A História do Liberalismo, 6.7 out of 10 based on 11 ratings



2 Comentários »

  1. Karoline 29 de outubro de 2013 at 15:04 - Reply

    Era tudo que eu precisava.

    VA:F [1.9.22_1171]
    Rating: 0.0/5 (0 votos cast)
    VA:F [1.9.22_1171]
    Rating: -2 (from 2 votos)
  2. chagas tome 18 de junho de 2016 at 16:58 - Reply

    valeu,obrigado !

    VA:F [1.9.22_1171]
    Rating: 0.0/5 (0 votos cast)
    VA:F [1.9.22_1171]
    Rating: 0 (from 0 votos)

Deixe Seu Comentário »