tumblr site counter

Mar de Aral



Conceito

 

Lago terminal de água salgada situado no interior da Ásia, compartilhado pelo Cazaquistão ao norte e Uzbequistão ao sul, alimentado por dois rios principais (Sirdaria e Amudaria).

 

História

 

Em 1960, o Mar de Aral era o quarto maior lago do mundo, cobrindo cerca de 68 mil Km². Proporcionava 40 mil toneladas de pesca por ano e possuía rica variedade biológica. Nesta mesma época, as autoridades soviéticas intensificaram as irrigações com a utilização das águas dos rios.

 

Com isso em pouco tempo o Uzbequistão tornou-se o maior produtor e o segundo exportador mundial do “ouro branco”. Isso trouxe sérios problemas ambientais para o meio ambiente e para a população do local.

 

Em 1990 mais de 90% das terras úmidas da região secaram. Atualmente, o nível do Mar de Aral baixou e ele perdeu 80% de sua superfície. O mar vem secando progressivamente há quarenta anos.

 

O problema de degradação ambiental no Mar de Aral

 

O resultado desta degradação no Mar de Aral vem da grande utilização de seus recursos hídricos para a irrigação, o que contribuiu para a perda do equilíbrio atual no ambiente. O sal no Mar de Aral era causado principalmente pela grande evaporação e o calor causava uma grande evaporação que consistia no clima bom da região antes do lago secar.

 

Com a secagem do Mar de Aral houve um aumento da salinidade da água, erosão causada pelo vento, tempestades de poeiras salgadas, terras encharcadas, divisão do lago em partes separadas, perda de vida selvagem nas áreas litorâneas e muitos outros problemas.

 

Todos estes problemas estão afetando a economia local ao mesmo tempo em que o crescimento populacional na região esta aumentando. Desta forma, os assuntos mais discutidos dentre outros inúmeros problemas em relação à degradação do Mar de Aral são:

 

– Desertificação: como o nível da água diminuiu, o volume de sal aumentou. Com o vento, este sal é transportado para terrenos agrícolas, contaminando a terra e obrigando os agricultores a compensarem o sucesso da produção no uso de fertilizantes na terra, o que prejudica ainda mais o solo que já está enfraquecido e não faz bem para a população que utiliza esses alimentos em sua alimentação.

 

– Destruição dos peixes: com a grande salinização da água que resta no Mar de Aral, a maioria dos peixes não consegue sobreviver e acaba morrendo.

A falta de água potável na região compromete também as condições sanitárias da população, além de terem que sobreviver também com mudanças climáticas advindas das tempestades de areia devido ao volume baixo de água no Mar de Aral.

 

Mais uma vez a natureza é destruída pelo mau uso feito pelos homens.

 

Autoria: Jeniffer Elaina da Silva

VN:F [1.9.22_1171]
Nota: 5.5/10 (2 votos no total)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: +2 (from 2 votos)

Mar de Aral, 5.5 out of 10 based on 2 ratings



Deixe Seu Comentário »