tumblr site counter

Análise da Sociedade em Que Vivemos



Para entendermos a sociedade em que vivemos temos que traçar um caminho correto para não cairmos em armadilhas. Primeiramente, temos que nos afastar do senso comum, não podemos balizar nossa análise a partir do que vemos, do que achamos, do que parece ser.

 

É preciso que nos lancemos à uma imersão nos conceitos fundamentais que organizam a sociedade e, partir da compreensão e desenvolvimento destes conceitos, ousemos fazer uma análise da conjuntura, ou seja, analisar o universo que estamos inseridos.

 

 

Como fazer uma análise de conjuntura? Fatores a serem analisados:

 

1) Fatores econômicos:

 

Sem entendermos como é organizada a economia no nosso país e no mundo (tendo em vista que nos dias de hoje elas estão diretamente relacionadas) não podemos compreender o mundo em que vivemos.

 

O primeiro passo é saber qual é o modo de produção que move nossa sociedade, para que então possamos entender a forma que isto se relaciona com a política, com nossa vida cotidiana e como perpassa todas as nossas relações sociais.

 

Vivemos no modo de produção capitalista, hoje reinando absoluto no mundo todo. Se dizem haver diferenças entre um e outro país é porque dentro do capitalismo existem papéis diferentes para países diferentes.

 

No capitalismo globalizado imperialista existe uma estrutura de poder estabelecida onde a potencia imperialista impõe sua política econômica (e com ela a política social, ambiental e etc) para todo o resto do mundo.

 

Para resumir: o capitalismo, modo de produção na qual uma pequena elite detém os meios de produção e uma grande massa vende sua força de trabalho para sobreviver. Sua base de funcionamento é a exploração, esta filosofia estende-se à relação entre pessoas, empresas, países, etc.

 

 

2) Fatores Políticos:

 

Os fatores políticos estão diretamente relacionados aos fatores econômicos. Como diria o importante teórico econômico e cientista político Karl Marx, o Estado é o comitê de negócios da burguesia. Ou seja, em um sistema capitalista o Estado existe para defender os interesses dos empresários e manter a população trabalhadora controlada através de pequenas concessões e benesses.

 

O problema não está na forma que o povo vota, nos políticos que aí estão, tudo isso faz parte do funcionamento do sistema tanto nacional como internacionalmente, obedecendo critérios estabelecidos por aqueles que lideram o capitalismo internacionalmente, do qual somos somente subsidiários.

 

 

3) Fatores sociais:

 

Fatores sociais são o produto das operações realizadas pelos fatores econômicos e políticos. Se há fome e pobreza não é sem motivo e nem por falta de vontade das pessoas em fazerem diferente. Desde sua origem o sistema capitalista prevê que haja sempre uma massa de desempregados que serve como forma de pressão permanente para aqueles que estão empregados aceitarem condições inferiores de trabalhos com o medo de perderem seus empregos.

 

Ainda previa-se que outra multidão de pessoas permaneceria literalmente à margem da sociedade, não fazendo parte da engrenagem de funcionamento, jogado abaixo da linha da miséria e ignorados porque não fazendo parte do sistema produtivo e então pouco importam.

 

A partir da análise destes elementos fundantes é possível começarmos a desenvolver uma análise de conjuntura e estudar melhor o funcionamento real de nossa sociedade, tendo em vista que eles nos levarão à outras questões e assim sucessivamente.

 

Quanto mais perguntas você estiver mais perto estará da verdade, para além das aparências, para além do senso comum e mais forte para poder compreender e, quem sabe, compreendendo, lutar para mudar as coisas como elas são, mas sabendo que elas podem ser diferentes.

 

Autoria: Bruna Barlach

 

VN:F [1.9.22_1171]
Nota: 6.2/10 (9 votos no total)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: -1 (from 3 votos)

Análise da Sociedade em Que Vivemos, 6.2 out of 10 based on 9 ratings



Deixe Seu Comentário »