tumblr site counter

Mutualismo



O mutualismo é uma relação em que há vantagens recíprocas para os indivíduos das espécies que interagem. A principal distinção entre o mutualismo e a cooperação é que o primeiro é uma associação obrigatória, em que os indivíduos das espécies associadas não conseguem sobreviver separadamente; já a cooperação é uma associação não obrigatória, na qual os indivíduos das espécies que interagem podem sobreviver independentemente.

 

 

Cupins e triconinfas

 

Um exemplo de mutualismo é a relação entre o cupim-de-madeira e certos protozoários microscópios que habitam seu intestino. Apesar de comer madeira, os cupins são incapazes de digerir a celulose, seu principal componente. A digestão da celulose no tubo digestivo do cupim é executada principalmente pelas triconinfas, seres unicelulares pertencentes ao grupo dos protozoários. As triconinfas encontram abrigo e alimento no intestino do cupim e, em troca, fornecem parte do produto da digestão da celulose ao inseto.

 

A associação entre cupins e triconinfas é obrigatória. Cupins recém-nascidos recebem protozoários dos adultos. Se os jovens cupins fossem isolados antes de adquirir triconinfas, morrerão de fome mesmo comendo madeira, pois não terão como digeri-la. Os protozoários, por sua vez, também dependem da associação, uma vez que somente sobrevivem no trato digestivo do cupim.

 

 

Liquens

 

Os liquens são associações mutualísticas entre determinadas espécies de fungo e certas algas ou cianobactérias. Estas, através da fotossíntese, produzem substâncias orgânicas que são usufruídas pelo fungo. Devido à sua estrutura filamentosa, o fungo tem grande capacidade de absorver água e nutrientes, aproveitados em parte pelas algas. Graças a interação das espécies que os constituem, os liquens conseguem sobreviver em locais onde nem a alga nem o fungo sobreviveriam isoladamente.

 

 

Nódulos de leguminosas

 

Outro exemplo de mutualismo é a associação entre plantas da família das leguminosas e bactérias do gênero Rhizobium. Essas bactérias, capazes de fixar nitrogênio gasoso, vivem nas células das raízes de plantas como o feijão e soja, formando nódulos. A planta fornece abrigo e nutrientes às bactérias, e estas suprem os vegetais do elemento nitrogênio, fixado diretamente do ar em contato com as raízes.

 

 

Micorrizas

 

As micorrizas são associações mutualísticas entre determinadas espécies de fungos e as raízes de certas plantas. Os filamentos do fungo enrolam-se e penetram nas raízes, onde se nutrem de substâncias produzidas pelo vegetal. Acredita-se que, em contrapartida, o fungo facilite a absorção de minerais do solo pela planta.

VN:F [1.9.22_1171]
Nota: 7.8/10 (4 votos no total)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: +1 (from 3 votos)

Mutualismo, 7.8 out of 10 based on 4 ratings



Deixe Seu Comentário »