:: Biologia

Mutualismo – Tipos, Espécies e Conceitos

Conceito

 

Relação ecológica que ocorre entre duas espécies (interespecífica) onde ambas se beneficiam (harmônica). Também pode ser chamado de simbiose.

 

Exemplos

 

Existem dois tipos de mutualismo:

 

Mutualismo obrigatório

 

As espécies não podem viver separadas e são totalmente dependentes uma da outra, perdem sua identidade própria. Como exemplos temos:

 

– Liquens: os fungos fazem a absorção e as algas fazem a fotossíntese.

 

– Cupim e protozoário: ocorre dentro do intestino dos cupins, onde os protozoários abrigam-se para alimentarem-se de produtos a base de celulose. Os cupins, por sua vez, não conseguem digerir esta celulose e obtém a ajuda dos protozoários que ganham comida e abrigo.

 

– Micorrizas: acontece entre a raiz de algumas orquídeas e de arvores florestais com fungos. As orquídeas cedem aos fungos compostos orgânicos, que por sua vez fornecem as orquídeas nitrogênio, água e nutrientes minerais.

 

 

Mutualismo facultativo ou Protocooperação

 

As espécies podem viver separadas ou trocar de parceiro sem que isso as prejudique. Como exemplos temos:

 

-Ave-palito e crocodilo: sempre há restos de comida e sanguessugas nos dentes dos crocodilos. Desta forma, eles abrem a boca para que a ave-palito possa alimentar-se dos restos de comida e sanguessugas.

 

Enquanto ela fica alimentada de forma fácil e segura, o crocodilo livra-se daquilo que o incomodava.

 

-Anêmona e peixe-palhaço: a anêmona oferece abrigo e protege os peixes-palhaços para que possam colocar seus ovos. Por sua vez, os peixes fazem a limpeza na anêmona removendo os parasitas, as sujeiras e outras coisas.

 

-Pássaros e bovinos: os bovinos possuem uma grande quantidade de parasitas como carrapatos que podem transmitir doenças e ate mesmo ocasionar a morte.

 

Algumas aves utilizam estes parasitas em sua alimentação, acompanhando o bovino para aproveitar-se da comida.

 

Desta forma, os bovinos ficam protegidos dos parasitas e as aves ficam alimentadas.

 

Autoria: Jeniffer Elaina da Silva

3 comments

  1. Muito bom. Me ajudou muito, obrigada mesmo! Primeiro site que encontro que me explica os conteúdos de uma maneira mais fácil e completa.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *