tumblr site counter

Monossacarídeos



Os monossacarídeos são carboidratos, comumente chamados de açúcares. São uma unidade única de poliidroxialdeído ou cetona, encontrados na natureza geralmente como pentoses – 5 átomos de carbono – ou hexoses – 6 átomos de carbono.

 

Na forma de cadeia aberta, um dos átomos de carbono é unido por uma ligação dupla a um átomo de oxigênio para formar um grupo carbonila; cada um dos outros átomos de carbono tem um grupo hidroxila.

 

Se o grupo carbonila está em um das extremidades da cadeia carbônica – forma do aldeído – , o monossacarídeo será uma aldose. Se o grupo carbonila está em qualquer outra posição – cetona – o monossacarídeo será uma cetose.

 

São incolores, naturalmente hidrofílicos – dissolvem-se em água – e a maior parte possui sabor doce. Seu esqueleto é constituído por uma cadeia carbônica não ramificada na qual todos os átomos de carbono estão unidos entre si por ligações covalentes simples.

 

Quando dois monossacarídeos unem-se de forma covalente por uma ligação glicosídica, formam um dissacarídeo. Se houver a união de mais de dois monossacarídeos, eles formarão um polissacarídeo, também conhecido como glicano.

 

Na ligação glicosídica, o OH do carbono vai reagir com o OH do outro átomo. Formar-se-á então H2O, que é liberado. O oxigênio que sobrou fica no meio das duas moléculas unindo-as.

Em solução aquosa, os monossacarídeos encontram-se em forma de anel, conhecido como hemiacetal. Podem ser duas formas diferentes:

 

forma-α – com o OH abaixo do plano do anel

 

forma-β – com o OH acima do plano do anel.

 

Alguns monossacarídeos: abequose, arabinose, frutose, fucose, galactose, glicose, manose, ramnose, ribose e xilose. Entre os quais os mais conhecidos são a glicose, a frutose e a galactose.

A glicose é obtida através da fotossíntese e da respiração celular e é um dos combustíveis mais utilizados pelo nosso corpo para a obtenção de energia.

 

A frutose , como o próprio nome sugere, é o açúcar proveniente das frutas, cereais e vegetais.

Já a galactose possui importância devido a sua presença na lactose, um dissacarídeo que vêm da junção de galactose e glicose.

 

Pode-se citar também a ribose como um monossacarídeo importante por estar presente na cadeia de RNA, ligado a um grupo fosfato e a uma base nitrogenada.

 

Há uma designação conhecida como “epímeros” quando houver monossacarídeos que diferem entre si na posição de apenas uma hidroxila. A glicose e a galactose são epímeros no carbono quatro, ou seja, suas cadeias são idênticas mas, no quarto carbono, a ordem da hidroxila aparece invertida, formando ou um ou outro monossacarídeo.

 

Podemos concluir que o posicionamento de qualquer hidroxila fora da ordem é capaz de gerar um composto diferente.

 

Autoria: Bruna Paganelli

 

REFERÊNCIAS

NELSON, David L.; COX, Michael M. Lehnninger Princípios de Bioquímica- 3ª Edição. São Paulo, 2002.

 

VN:F [1.9.22_1171]
Nota: 7.0/10 (3 votos no total)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: +2 (from 2 votos)

Monossacarídeos, 7.0 out of 10 based on 3 ratings



Deixe Seu Comentário »