tumblr site counter

Celenterados e Platelmintos



Tipo de invertebrados de organização bastante simples, que compreende mais de 10000 espécies isoladas ou colônias, em grande parte marinhas. Os Celenterados tem o corpo gelatinoso e saciforme , com apenas uma cavidade gastrovasculas, o celenterado, que comunica com o exterior por uma única, abertura. A parece do corpo é formada de duas camadas de células (uma externa, com função protetora, e outra interna, com função digestiva) entre as quais se interpõe uma substancia gelatinosa, a mesogléia. Os Celenterados não possuem órgão respiratórios, circulatórios e excretarias. São também chamados Cindirás porque tem células tipicamente urticantes ou cnidoblastos, verdadeira arma ofensiva e defensiva. A medusa tem a forma de sombrinha; na parte inferior, concava, ressalta um prolongamento, ou manúbrio, em cuja extremidade se abre a boca. Os Celenterados apresentam metagenese tipica, com alternancia de formas sexuadas (pólipo).

A larva, que tem sempre capacidade de nadar, fixa-se depois e forma um oozoito; este, por brotamento, forma outros indivíduos que devem ficar em colonias fixas ou nadantes. Os Celenterados subdividem-se em três classes 1.) Hidrozoários, fixos ou nadantes, com pólipos ou medusas, isolados ou coloniais; exemplo, hidra Sifonóforos, pequenos pólipos isolados e grandes medusas, como os córneo, como corais, madréporas e actínias, Corais e madréporas formam atóis e barreiras tropicais, com a Grande Barreira australiana.

Platelmintos

Tipo de metazoários que compreende os chamados vermes chatos, devido à forma dos seus corpos cuja cavidade interior é repleta de tecido parenquimatoso. Possuem simetria bilateral, comprimento variável de poucos mm a 10 cm e ocorrem livres na terra, água, mar, ou como parasitas. As formas livres têm olhos, órgãos de defesa e musculatura para contrair e movimentar o corpo. As parasitas (Trematódeos e Cestoideos) são adaptadas para viver no corpo do hospedeiro e nutrir-se por intermédio dele. Os p., em geral, têm intestino reduzido, sem saída – os dejetos são excretados pela boca – ou não o possuem, como a tênia, que absorve nos intestinos dos hospedeiros a substâncias já digeridas.

 

Os platelmintos são destruídos de sistemas circulatório e respiratório; são hermafroditas e se desenvolvem através de complexos estágios larvais, que requerem a passagem através de hospedeiros intermediários. Vários platelmintos parasitas intestinais possuem corpo em forma de fita segmentada, originadas numa cabeça, que possui ganchos e ventosas a fim de aderir ao intestino do hospedeiro. A característica dos platelmintos é a capacidade de regenerar-se, quando partidos, formando de cada fragmento um indivíduo completo. Daí o emprego destes vermes para experiências, como as da transmissão química da memória.

VN:F [1.9.22_1171]
Nota: 0.0/10 (0 votos no total)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0 (from 0 votos)


Deixe Seu Comentário »