tumblr site counter

Bioenergética



A Bioenergética constitui um dos principais blocos temáticos da Fisiologia, sendo essencialmente dedicada ao estudo dos vários processos químicos que tornam possível a vida celular do ponto de vista energético.

Procura, entre outras coisas, explicar os principais processos químicos que decorrem na célula e analisar as suas implicações fisiológicas, principalmente em relação ao modo como esses processos se enquadram no conceito global de homeostasia.

Por leis físicas a energia não pode ser criada, mas transformada, e sem ela não há realização de trabalho, ou seja, se uma célula não tem energia, ela perde suas funções vitais ocasionando a sua morte.

VÁRIAS SÃO AS FONTES DE ENERGIA, COMO: 

SUBSTÂNCIA

KCAL/mol 

Fosfomol – Piruvato 1-3 Difosfato

15.960

Glicerato

15.060

Acétil coenzima A

12.000

Fosfocreatina

11.800

Adenozina trifosfato (ATP)

10.460

Adenosina difosfato (ADP)

8.600

D – glicose – frutosídio

6.570

Glicolise – 1PO4

4.900

Frutose 6PO4

3.000

Glicose 6PO4

3.000

3 – Fosfo-glicerato

3.000

 

Essas moléculas fornecedoras de energia trabalham associadas a enzimas, realizando as interações moleculares na obtenção das mais diferentes e profundas funções biológicas, encontradas nos diferentes ciclos metabólicos.

O ATP é a mais importante molécula fornecedora de energia, formando com o ADP um sistema importantíssimo no transporte e armazenamento de energia.

O ATP (ou Adenosina Trifosfato) é uma molécula/composto encontrado universalmente nos sistemas vivos. Sua função essencial é armazenar energia para as atividades vitais básicas das células. Estruturalmente, o ATP consiste de três grupos fosfato (PO 43-) e de uma unidade de adenosina composta de adenina e do açúcar ribose. O ATP libera uma grande quantidade de energia utilizável quando é desdobrado pela adição de uma molécula de água (hidrólise).

Quando o grupo fosfato terminal é hidrolisado, e, dessa forma, removido, a molécula modificada é chamada de fosfato de adenosina (ADP). Esta reação libera energia.

A energia fornecida pelo catabolismo do ATP em ADP é constantemente utilizada pela célula. Devido ao fornecimento de ATP em um dado momento ser limitado, existe um mecanismo de reabastecimento: um grupo fosfato é adicionado ao ADP para produzir mais ATP.

É necessária energia para a produção de ATP. Esta energia necessária para ligar um grupo fosfato ao ADP é suprida primariamente pelo desdobramento do monossacarídeo glicose na célula, em um processo chamado de respiração celular.

O ATP armazena energia química para várias atividades celulares.

VN:F [1.9.22_1171]
Nota: 5.4/10 (5 votos no total)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0 (from 0 votos)

Bioenergética, 5.4 out of 10 based on 5 ratings



Deixe Seu Comentário »