tumblr site counter

Animais Noturnos



São diversas as espécies de animais que tem por costume e hábito de vida acordar com o frigir da noite.

 

Não é tão incomum vermos relatos de animais que se desenvolveram através dos tempos desenvolverem seus órgãos, organismos e modo de agir baseados no momento em que a claridade vista por nossos olhos que é proveniente da luz do dia sumir, e o escuro e poético cair da noite se faz durante o nosso dia normal de claridade.

 

Vamos estudar brevemente neste artigo como foram, como são e como se fazem o desenvolver de mecanismos que para nós é o oposto da espécie humana, como enxergar no escuro da noite, se alimentar nesse período de falta de visão e até mesmo o locomover destas espécies.

 

 

Nosso exemplo mais ilustre

 

Personagem mais famoso da história quando se pensa em locais sombrios, com falta de iluminação natural do dia e figurinha carimbada quando o assunto é um bom filme de terror, que nos faz lembrar de cavernas escuras, úmidas e sem o abrigo da luz do sol, a intrigante curiosidade humana nos faz pensar sobre o porquê que certas espécies de animais preferem a escuridão noturna do que ter um modo de vida diurno, como o nosso?

 

 

Mas não é apenas como pensamos

 

Todos os seres vivos possuem particularidades que são inerentes ao nosso modo de pensar, de viver e que principalmente, são diferentes de que o nosso próprio organismo pode aguentar, conforme nossa evolução comprovou durante os milhares de anos que estamos por aqui.

 

É baseado essencialmente nisso que certos organismos, como o dos sapos e rãs desenvolveram um tipo de pele que é bastante sensível as altas temperaturas que os organismo de animais diurnos recebem diariamente, e por isso, como uma cadeia de evolução, esses animais se adaptaram melhor a ter hábitos noturnos, do que diurnos.

 

Outro fator preponderante para esta situação é o fato de que os animais que hoje possuem hábitos noturnos, tinham de se defender contra espécies predatórias. Sendo assim, podemos admitir que pequenos mamíferos como os gambás, afligidos pela necessidade de escapar dos seus caçadores naturais, de hábitos diurnos, tivessem de sair pela noite afora para poder caçar, se alimentar e enfim sobreviver.

 

 

Defesas e comunicação

 

A comunicação entre os animais que possuem hábitos noturnos é outro fator importante a se destacar neste artigo. Os morcegos, desenvolveram uma linguagem de comunicação como se fosse um radar, onde emitem sinais sonoros imperceptíveis aos outros animais, emitido ou pelo estalar de sua língua ou pelas narinas e que é chamado pelos pesquisadores de ecolocalização.

 

VN:F [1.9.22_1171]
Nota: 0.0/10 (0 votos no total)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0 (from 0 votos)


Um Comentário »

  1. Juan Pablo 8 de maio de 2013 at 12:13 - Reply

    Muito bom artigo, meus parabéns.

    VA:F [1.9.22_1171]
    Rating: 0.0/5 (0 votos cast)
    VA:F [1.9.22_1171]
    Rating: 0 (from 0 votos)

Deixe Seu Comentário »