tumblr site counter

Origami



Uma das mais importantes e mundialmente conhecidas artes japonesas, o origami nada mais é do que seu próprio nome, em japonês, já diz: oru (dobrar) e kami (papel), a arte de dobrar o papel conseguindo, somente com as dobras, sem o uso de instrumentos ou cola, representações de animais, objetos, pessoas e tudo que o artista conseguir conceber.

 

As sobras utilizadas no origami são padrões e de pequena variedade, o que varia é a combinação e sequência na qual elas são feitas para que se formem diferentes resultados.

 

Costuma-se utilizar um papel quadrado, que pode ser papel específico para dobradura, origami, ou praticamente qualquer papel que possa ser facilmente dobrado.

 

A arte do origami foi sendo transmitida de geração em geração pelas família japonesas através dos séculos e somente em 1797 foi publicado o primeiro livro que continha instruções de como realizar de forma correta um origami específico.

 

Foi em 1845 que houve a publicação de um livro que trazia as instruções para fazer diferentes tipos de origamis, aproximadamente 150 deles, este livro, Kan no mado, permitiu que a arte de fazer origamis se espalhasse e se popularizasse ainda mais entre os japoneses, permitindo que pessoas que antes não tinham acesso à eles se tornassem entusiastas da transformação dos papéis.

 

 

Desta forma os origamis não se restringiram ao Japão e começaram a conquistar o mundo. Seja através do origami tradicional japonês que seria revisto e reinventado pelos ocidentais ou pelas dobraduras executadas pelos mouros que tomariam espaço na Europa e Américas.

 

Em 1950 o origami foi reinventado por Akira Yoshizawa, que criou a dobragem criativa, trouxe novas possibilidades de combinação que permitiam a feitura de novos animais e pássaros, no entanto para se conseguir diversos animais de quatro patas era preciso dois pedaços de papel.

 

Foi só com a invenção de Bases Blintzed alguns anos depois que este problema foi superado.

 

Uma das curiosidades mais interessantes sobre o origami é uma crença popular japonesa que diz que aquele que conseguir fazer mil tzurus teria um pedido realizado.

 

Autoria: Bruna Barlach

 

VN:F [1.9.22_1171]
Nota: 10.0/10 (1 voto no total)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: +1 (from 1 voto)

Origami, 10.0 out of 10 based on 1 rating



Deixe Seu Comentário »