tumblr site counter

Arquitetura Sustentável



Sabemos hoje que os edifícios são os principais responsáveis pelo consumo de energia e, portanto, pelo impacto ambiental.

 

A arquitetura sustentável compreendendo esse problema trata de conceber os edifícios como projetos artísticos mas também como partes significativas do meio em que serão construídos e, assim sendo, tem que coexistir em harmonia com este espaço.

 

É a partir do final da década de 2000 que esse conceito de arquitetura começa realmente a ganhar espaço e por isso ainda está em constante desenvolvimento.

 

Conceito

 

A ideia destes projeto arquitetônicos é que as construções são “organismos vivos” parte do habitat e ligados intimamente à sociedade, o clima, a região e ao planeta como um todo. Para tanto eles devem produzir o menor impacto ambiental negativo possível e com o maior ganho social e ainda assim ser economicamente viável.

 

Não leva em conta somente a sua construção mas todos o ciclo de vida que terá aquela construção, desde a preparação do terreno, a construção, o seu uso, manutenção e sua reciclagem ou demolição. Ou seja, em todas as partes do projeto o impacto é considerado e cada parte do projeto é analisada visando o seu melhor aproveitamento e diminuição dos resíduos.

 

Para a execução desses projetos não existem fórmulas únicas, sendo necessária uma boa dose de criatividade e inovação.

 

 

Onde a arquitetura sustentável inova?

 

No uso da água: os recursos hidráulicos são utilizados de forma a serem optimizados, com o reuso da água para outras funções, o uso de águas pluviais e formas de redução do consumo através de tecnologia específica.

 

Preocupação com o posicionamento: ao se preocupar com o posicionamento de uma construção em relação ao Sol pode-se ter uma melhor utilização da luminosidade natural.

 

Utilizando materiais ecológicos: são empregados materiais que produzem menos impacto ambiental, como blocos feitos de terra comprimida, tintas que não deixam resíduos poluentes, madeira reutilizada ou com certificado de reflorestamento, além de materiais que tem um ciclo de decomposição menor.

 

Economizando energia: uso de energia solar e eólica, além de optimização dos espaços para que seja necessário um menor gasto energético com iluminação, aquecimento e resfriamento e o uso de vidros duplos para que a luminosidade atinja o local evitando o uso de excessivo de iluminação artificial sem no entanto aquecer em demasia.

 

Diminuindo resíduos. em obras que não tem a preocupação com a sustentabilidade os resíduos são descartados sem a preocupação com seus fins. Como a construção civil gera muitos resíduos, essa preocupação é latente na arquitetura sustentável.

 

Autoria: Bruna Barlach

VN:F [1.9.22_1171]
Nota: 0.0/10 (0 votos no total)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0 (from 0 votos)


Deixe Seu Comentário »