tumblr site counter

Arquitetura Renascentista



A arquitetura renascentista, também conhecida como arquitetura do renascimento foi uma escola arquitetônica concomitante com o renascimento europeu, nos séculos XIV, XV e XVI. Constituiu-se de um movimento importante de ruptura, no qual os arquitetos passaram a buscar ter um estilo individual. Para isso eles recorriam à influências do passado, tal qual era feito nas artes plásticas no renascimento, trazendo elementos da antiguidade clássica.

 

 

História e desenvolvimento

 

O interesse pelo pelo greco-romano é uma das balizas principais desse momento histórico em todas as artes, mas não se buscava uma cópia integral do que havia no passado, eles faziam interpretações do que era para eles esse passado, sendo altamente influenciados pelo Classicismo e as criações arquitetônicas dessa época.

 

No caso da arquitetura em si foram buscar as formas das antigas construções com o intuito de reeditá-las sob seus próprios pontos de vista e interpretação.

 

A partir dos estudos e medições de antigos templos e construções compreenderam que para conseguir novas formas tudo que necessitavam era simples geometria euclidiana. Para tal passaram a utilizar um quadrado como moldura para desenvolver seus projetos, o que resultava em novas formas, muito mais harmônicas.

 

Era essencial que de qualquer parte da construção fosse possível notar as leis que regiam a construção, o que valorizava a racionalidade e as proporções matemáticas da obra.

 

 

Construções renascentistas

 

A utilização de três tipos de ordem de colunas gregas (a dórica, a jônica e a coríntia) substitua os pilares medievais. Seu uso também tinha uma simbologia importante pois representava o homem, sendo a base o pé, a coluna o corpo e o capitel a cabeça.

 

Assim se reafirmava a importância do homem sobre as coisas, após um grande período histórico onde o homem havia sido renegado ao segundo plano.

 

Tanto as igrejas como as construções não religiosas eram baseadas no quadrado, sendo considerado a proporção perfeita para uma construção.

 

Assim sendo, vistos pelo lado de fora pareciam com um grande cubo de acabamento mais rústico, sendo que os grandes destaques arquitetônicos estavas reservados ao lado interior e às proporções das formas.

 

Em cada andar poderiam ser observadas variações nas disposições de colunas, sendo que normalmente eram utilizadas na seguinte distribuição: no térreo as toscanas, no primeiro andar as jônicas e no segundo as coríntias. Sendo os andares divididos por molduras que normalmente são finalizadas por arcos ou triângulos.

 

Autoria: Bruna Barlach

VN:F [1.9.22_1171]
Nota: 0.0/10 (0 votos no total)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0 (from 0 votos)


Deixe Seu Comentário »