tumblr site counter

Arquitetura Brutalista



Movimento arquitetônico que inicia após a Segunda Grande Guerra e segue influenciando obras em todo mundo até perto do fim de 1970. Também é conhecido como “a corrente brutalista”.

 

Não foi, como a maioria dos movimentos, unido por ideais comuns, mas mostrava em todas as construções a radicalização de alguns conceitos de moderno.

 

É um dos mais importantes expoentes da arquitetura moderna e marca a realidade estética de um tempo, no Brasil e no mundo. Seu marco inicial é o projeto Unité d´Habitation de Marselha (1945-1949) do arquiteto franco-suíço Le Corbusier (1887-1965).

 

 

Conceito

 

A ideia dos brutalistas era que a “verdade estrutural” dos edifícios não podia ser escondida. Assim sendo as vigas, pilares e outros aspectos estruturais da construção deveriam ficar expostos, sendo eles os verdadeiros responsáveis pela beleza estética da obra.

 

Obras com essas tendências podem ser vistas em diversas partes do mundo sendo que conservam notáveis semelhanças entre si mas ainda assim tem suas diferenciações em aspectos característicos, étnicos e locais.

 

 

Arquitetura Brutalista no Mundo

 

O brutalismo inglês, também chamado de New Brutalism é com certeza o mais difundido no mundo em função da ampla divulgação da obra de Reyner Banham. No entanto isto não coloca a Inglaterra como vanguarda deste movimento, sendo que ele se desenvolveu concomitantemente em diversas partes do mundo.

 

Não há no brutalismo um grau de hierarquia, todos os países e arquitetos que seguiram essa corrente acabaram por desenvolver expressões e conceitos semelhantes, havendo sim, grande diálogo de contribuição, colocando todos lado a lado no desenvolvimento daquela que era, naquele momento, uma nova linguagem arquitetônica que falava à realidade do momento.

 

 

Arquitetura Brutalista no Brasil

 

A arquitetura brutalista no Brasil foi essencialmente importante na cidade de São Paulo, e muitos arquitetos pertencentes a esse movimento fariam parte do que depois seria denominado: “a escola paulista”. Um dos mais importantes edifícios da cidade o Museu de Arte de São Paulo (o MASP) segue a linha brutalista.

 

Hoje em dia existe uma grande valorização das obras de tendências brutalista, que em outros momentos ficaram desacreditadas e estas são cada vez mais estudadas por suas importantes características de vanguarda, sendo obras atemporais que trazem importantes contribuições ao estudo da arquitetura contemporânea.

 

Autoria: Bruna Barlach

VN:F [1.9.22_1171]
Nota: 0.0/10 (0 votos no total)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0 (from 0 votos)


Deixe Seu Comentário »