tumblr site counter

Acadêmicos do Salgueiro



Escola de samba tradicional do Rio de Janeiro que tem sua origem diretamente ligada à origem do morro do Salgueiro, uma comunidade importante e unida que tem sua história marcada pelo samba e pelos sambistas.

 

 

História

 

Neste morro surgiram mais de dez blocos carnavalescos mostrando a propensão que lá havia para o samba e para o carnaval. Desses blocos surgiram três escolas: a Unidos do Salgueiro que era representada pelas cores azul e rosa, a Azul e Branco e a Depois eu Digo que usava as cores branco e verde.

 

Apesar de neste morro surgirem sambistas de extrema importância nas três escolas, em função dessa fragmentação era difícil conseguir competir nos desfiles da Praça XV contra tantas outras grandes escolas existentes no Rio de Janeiro nesta época.

 

Depois do resultado do desfile de 1953 o sambista Geraldo Babão desceu o morro cantando uma música que propunha unir as três escolas. Passistas de todas elas se uniram ao coro e dançaram e cantaram à união das escolas do morro do Salgueiro.

 

Em 5 de março de 1953 após toda essa comoção popular, da fusão entre a Depois eu Digo e a Azul e Branco fundou-se o Grêmio Recreativo Escola de Samba Acadêmicos do Salgueiro, sob as cores vermelho e branco. Alguns anos depois a Unidos do Salgueiro se uniu a proposta unificando por fim todo o morro.

 

Desde o início da sua história a escola ousou colocando negros como destaques de seus desfiles e não em papéis secundários como era costume na época. E por essa trajetória que adotou o lema: “Nem melhor, nem pior, apenas uma escola diferente.”

 

 

Conquistas

 

Desde seu primeiro desfile no qual já conseguiu o terceiro lugar a escola conseguiu inúmeras premiações.

 

Foi oito vezes campeã: 1960- Quilombo dos Palmares, 1963- Xica da Silva, 1965- História do Carnaval Carioca – Eneida, 1969- Bahia de Todos os Deuses, 1971- Festa Para um Rei Negro, 1974- Rei da França na Ilha de Assombração, 1975- As Minas do Rei Salomão, 1993- Peguei um Ita no Norte e 2009- Tambor.

 

Seis vezes atingiu o vice-campeonato: 1959- Viagem Histórica e Pitoresca ao Brasil, 1961- Vida e Obra de Aleijadinho, 1964- Chico Rei, 1970- Praça XI Carioca da Gema, 1991- Rua do Ouvidor, 1994- Rio de lá pra cá e em 2008- Rio de Janeiro continua sendo.

 

Autoria: Bruna Barlach

VN:F [1.9.22_1171]
Nota: 0.0/10 (0 votos no total)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: +1 (from 1 voto)


Deixe Seu Comentário »