tumblr site counter

A Crise Mundial do Petróleo



Crise Mundial do PetróleoSabe-se que o petróleo é o combustível da civilização contemporânea. É ele que move as máquinas, é a partir dele que são feitos os combustíveis que alimentam os carros, indústrias e também diversas matérias primas utilizadas em todos os campos da nossa vida, como o plásticos que está presente desde embalagens e roupas até nos equipamentos tecnológicos.

Após a Segunda Grande Guerra houve um embargo da distribuição de petróleo para os países da Europa e Estados Unidos pelos países organizados na Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) e do Golfo Pérsico.

O objetivo do bloco de países que compunham a OPEP era valorizar o petróleo e assim gerar uma receita interna maior para eles, já que quem dominava e ditava os preços do mercado de petróleo eram as ocidentais conhecidas como as Sete Irmãs (Standard Oil, Royal Dutch Shell, Mobil, Gulf, BP e Standard Oil da California).

Com este movimento, que vamos entender melhor analisando os cinco momentos da crise, causaram grandes crises em todo o mundo, mostrando que existe uma disputa ideológica que vem se estendendo a anos e causando altos e baixos na relação entre os países do oriente médio e do ocidente e, com isso, nos preços do petróleo.

FASES DA CRISE MUNDIAL DO PETRÓLEO

PRIMEIRA FASE:

Aconteceu quando o então presidente do Egito, Gamal Nasser, nacionalizou o canal de Suez em 1956, sendo que este canal antes era de propriedade de uma empresa Anglo-Francesa. Sendo este um importante canal de escoação e transporte da produção pretoleira, com seu bloqueio os países ocidentais pararam de receber o petróleo, ocasionando uma alta no preço do mesmo.

SEGUNDA FASE:

Em 1973 o governo dos EUA apoiou o governo israelense na guerra de Iom Kipur, em resposta a esta postura do governo norte americano os países da OPEP aumentaram o preço do petróleo em 300% pois eles são historicamente inimigos de Israel e tendem a causar embargo a quem apoia este país.

Crise Mundial do Petróleo - FasesTERCEIRA FASE:

Esta terceira fase é reflexo da crise política do Irã, que ocorre com a destituição do Xá Reza Pahlevi e com isso todo o setor produtivo do país foi afetado, tendo os preços aumentado mais de 1000%.

Esta crise é seguida da guerra Irã-Iraque, onde muitos cidadãos de ambos os países morreram e os preços dispararam devida a baixa da produção industrial.

QUARTA FASE:

É marcada pela Guerra do Golfo no ano de 1991 quando o Iraque invade o Kuwait, na época um dos mais importantes produtores de petróleo do mundo, com o objetivo de subjugar este país. Com a intervenção dos EUA e das forças aliadas os iraquianos foram expulsos do Kuwait, no entanto, ao partirem queimam diversos poços de petróleo causando uma nova crise.

QUINTA FASE:

Diferente das outras fases da crise, a de 2008 se deu em função do movimento especulativo do mercado em torno das comoddities, não é uma crise de desvalorização real, é uma crise causada pela forma que se organiza atualmente o capital especulativo.

Autoria: Bruna Barlach

VN:F [1.9.22_1171]
Nota: 10.0/10 (2 votos no total)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: +1 (from 1 voto)

A Crise Mundial do Petróleo, 10.0 out of 10 based on 2 ratings



Deixe Seu Comentário »