tumblr site counter

A Crise da Previdência Social



Crise Previdência Social - SistemaSISTEMA DE PREVIDÊNCIA SOCIAL

Para compreendermos o que é chamado de crise da previdência social é preciso compreender, primeiramente, como funciona o sistema de previdência social no Brasil.

Os trabalhadores em idade economicamente ativa (de 16 a 59 anos) contribuem com a previdência social mensalmente (sendo que em regime de trabalho normal a contribuição já é retirada da fonte) enquanto aqueles que já atingiram a idade de se aposentar recolhem os benefícios. Ou seja, enquanto haja pessoas trabalhando e contribuindo em maior número do que aposentados não deveria haver problema para o sistema previdenciário se sustentar.

A CHAMADA CRISE DA PREVIDÊNCIA SOCIAL

Já há alguns anos o governo aponta uma crise no setor previdenciário, apontado como motivos o envelhecimento da população, que agora atinge idades mais avançadas e, portanto, recolhe mais tempo o benefício do que antes. Sabe-se, porém, que o maior motivo é o desvio de verbas do setor de forma ilícita já que não há um desequilíbrio real entre o número de contribuintes e o de beneficiados.

Desde a década de 1990 o país tem empreendido um desmonte de todos os serviços públicos, principalmente os de proteção social, abrindo caminho para o crescimento da iniciativa privada em todos os campos.

Na previdência social não é diferente, enquanto tenta-se se emplacar medidas para reforma da previdência retirando mais direitos e conquistas da população dizendo ser esta a única saída para a manutenção do sistema previdenciário, abre-se a cada dia novos sistemas de previdência privada, que geram rios de dinheiros à estes bancos e empresários do setor.

Demonstrando, através destas medidas, que o governo não tem interesse real em garantir os direitos da população que o avanço do neoliberalismo ainda segue, mesmo que mascarado nos últimos anos.

FATORES AGRAVANTES

O aumento da situação dos sub-empregos e dos empregos informais, cada vez mais comuns, sendo que estes não contribuem com a previdência social, é um problema real que temos, já que, quanto mais passa o tempo e mais se acirra as desigualdades do sistema capitalista menos direitos são garantidos e as relações de trabalho estão cada vez mais fragilizadas. Problema não só para a questão do défict da previdência, como também para a nossa sociedade como um todo.

Crise Previdência  Social - FatoresAinda assim, por si só, este problema não gera um “buraco” na previdência nem nada parecido com isso, prevalecendo, este, muito mais como uma “lenda” do que como um problema real e estando muito mais ligado ao desvio de verbas do setor do que à um problema de estruturação do sistema em si.

SAÍDA PARA A CRISE

O fator mais importante quando se tem por objetivo buscar uma saída para a crise é, primeiramente, a valorização dos direitos. E dos direitos sendo efetivados pelo Estado e não desviados como mercadoria para a iniciativa privada.

Em segundo lugar, trata-se, de fato, da inclusão daqueles que estão excluídos do mundo do trabalho ou estão sobrevivendo dentro de condições de trabalho inadequadas que não garantem direitos e, portanto, além de prejudicar a previdência social prejudicam o próprio trabalhador que não tem seus direitos garantidos e suas proteções asseguradas.

Autoria: Bruna Barlach

VN:F [1.9.22_1171]
Nota: 7.1/10 (19 votos no total)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: +2 (from 10 votos)

A Crise da Previdência Social, 7.1 out of 10 based on 19 ratings



Um Comentário »

  1. Mirian 11 de fevereiro de 2013 at 4:05 - Reply

    Os políticos deveriam também pagar o INSS e se aposentar da mesma forma que pessoas comuns, pelo INSS. Assim queria ver como eles se sentiram. Fica a sugestão.

    VA:F [1.9.22_1171]
    Rating: 3.3/5 (6 votos cast)
    VA:F [1.9.22_1171]
    Rating: +4 (from 8 votos)

Deixe Seu Comentário »